quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Constatação Cármica

Agradeço às duas pessoas pelas quais me apaixonei em épocas de imaturidade, Maitê e Júlia, por nunca terem me dado ouvidos. Eu teria sido tão vampiro quanto a pessoa que hoje se projeta sobre mim, e me suga toda a energia que posso produzir, e ainda chama isso de amor, mas na primeira adversidade ameaça matar a si mesmo. Já fui assim, ridículo, manipulador, revoltado, e me perfazia em agredir as pessoas que eu dizia amar. Aceito a lei do retorno, e admito o mal que fiz. Levarei este carma até onde puder.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Constatação Somática

Idealização destruirá todos os seus dentes